Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Sérgio Manoel: ‘Não escolhi o Botafogo, fui escolhido. Me tornei torcedor apaixonado’

0 comentários

Compartilhe

Sergio Manoel, campeão brasileiro pelo Botafogo em 1995
Reprodução/Instagram do Sérgio Manoel

Campeão brasileiro pelo Botafogo em 1995 e campeão do Torneio Rio-São Paulo em 1998, Sérgio Manoel tem enorme identificação com o clube. O ex-meia-esquerda se declarou torcedor botafoguense em live na conta “Tribuna Alvinegra”, no Instagram.

– Minha passagem inicial em 1994 foi muito expressiva, primeiro ano vestindo a camisa do Botafogo, depois vim me tornar torcedor fanático. Fui Corinthians quando pequeno por meus avós que me criaram, fui santista por ter começado a carreira lá, mas o Botafogo, como dizem, não escolhi, fui escolhido. Sou apaixonado. Desde que vesti a camisa pela primeira vez a sensação foi diferente, o carinho do torcedor é o mesmo. Sou muito agradecido por tudo que vivi com essa camisa e tenho gratidão imensa – afirmou Sérgio Manoel.

Sérgio Manoel jogou no Botafogo em 1994 e 1995, de 1998 a 2000 e em 2006. Ele deixou um recado para a torcida.

– Quando me vir na rua pode chegar em mim, dar um abraço e tirar foto. É a recompensa da minha carreira. Esse ele entre torcedor e jogador ninguém consegue impedir – explicou o ex-jogador, que hoje trabalha com futebol nos Estados Unidos, mas não esconde que um dia pode voltar ao clube.

– Encaro da seguinte maneira: se o Botafogo me chama é uma convocação. Pode ser de roupeiro a presidente, ou na base ou no profissional. Quero um dia poder ajudar o Botafogo, fazer o jogador entender o peso dessa camisa e a importância de abraçar a causa, para colher os frutos lá na frente. Ajudar o clube a sair desse momento, porque com certeza queremos mais – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e Instagram Tribuna Alvinegra

Comentários