Emprestado pelo Sporting, de Portugal, até a metade da temporada 2017, Hernán Barcos, 32 anos, que sonha em voltar ao Grêmio – desejo que já foi compartilhado pela direção tricolor – vive dias difíceis na Argentina.

Seu Vélez Sarsfield, tradicional equipe de Buenos Aires, é o 29º colocado entre os 30 clubes que participam do Campeonato Argentino, distante 17 pontos do líder Estudiantes de La Plata. O atacante marcou somente um gol nas últimas nove partidas, sete delas com derrota.

O Vélez não faz parte dos cinco grandes no ranking nacional, mas é um dos oito times mais populares do país e pode baixar de divisão.

A torcida está furiosa. Atacou jogadores fora do estádio, danificou carros, protestou nas ruas e exigiu a destituição do presidente e do treinador.

Ex-capitão tricolor, Barcos continua um jogador muito popular entre os torcedores gremistas.

Fonte: Zero Hora