Sonhos do Botafogo, Arrascaeta e Pottker não serão liberados por Cruzeiro e Inter

Compartilhe:

O Botafogo já aceitou o fato de que Bruno Silva não seguirá no clube, mas, já que não pode convencer o jogador, o clube quer pelo menos uma compensação. Na terça-feira o presidente Carlos Eduardo Pereira se reuniu com dirigentes de Internacional e Cruzeiro para ouvir as propostas, mas não gostou do que viu. Os dois pretendentes ofereceram jogadores para permuta, mas o clube de General Severiano não se interessou pelos nomes. A meta é William Pottker ou Arrascaeta.

A multa rescisória do volante está estipulada em R$ 20 milhões, valores muito acima do que Cruzeiro e Internacional estão dispostos a investir. O Botafogo só tem 40% dos direitos do jogador e ainda assim, os dois clubes não estão interessados em investir R$ 8 milhões para tirar Bruno Silva do Rio de Janeiro.

O Cruzeiro apresentou uma lista de jogadores que retornam de empréstimo para a Toca da Raposa e poderiam ser envolvidos na negociação. Um deles é o centroavante Rafael Marques, mas o Botafogo não parece muito animado com o jogador. O presidente Carlos Eduardo Pereira chegou a pedir Arrascaeta, mas os mineiros também não estão interessados em liberar o uruguaio.

Já o Internacional não apresentou uma oferta concreta e a reunião serviu apenas para conversar sobre os planos do Botafogo. Os cariocas deixaram claro que vão fazer jogo duro para liberar seu principal meio campista, eleito na Seleção do Brasileirão pela CBF. William Pottker é um sonho antigo em General Severiano, que já tentou em duas oportunidades contratar o jogador, mas os gaúchos não vão liberá-lo também.



Fonte: Futebol Interior
Comentários