Odiado pela torcida do Botafogo, o atacante Souza, do Paysandu, descartou a possibilidade de jogar pelo clube um dia. Após um dos títulos polêmicos em que a arbitragem favoreceu o Flamengo, ele comemorou com um gesto de choro para ironizar o Alvinegro.

– O chororô foi engraçado. Fomos campeões cariocas e eles alegaram que teve um pênalti, uma falta, não me recordo. No mesmo dia eles foram para a sala de imprensa reclamar desse acontecimento e começaram a chorar. Aí, no outro jogo contra eles, eu fiz gols e comecei a fazer o chororô. A torcida do Botafogo tem muita raiva de mim. Sem chances de ir jogar lá. É um grande clube, grande torcida, mas eu não almejo isso para a minha vida – desdenhou ao site “Globoesporte.com”.

Atacante de baixa qualidade, Souza hoje é reserva do Paysandu, no qual perdeu por 1 a 0 para o Botafogo na estreia da Série B.

Fonte: Redação FogãoNET e Globoesporte.com