Sul-americanos dominam janela europeia; botafoguense é maior venda nacional

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

A janela de transferências do futebol europeu chegou ao fim nesta segunda-feira com jogadores da América do Sul valorizados, dominando a relação dos cinco negócios mais caros. Apesar do episódio da mordida na Copa do Mundo, o uruguaio Luis Suárez foi a contratação que mais cifras movimentou. Já Ángel Di María se tornou o argentino mais caro da história com a mudança do Real Madrid para o Manchester United.

Por sinal, o verão de transações entre os clubes do Velho Continente viu uma mudança de comportamento por parte do Manchester United. O clube mais vencedor da história do futebol inglês saiu às compras para tentar compensar a má fase.

Saindo do Brasil, a venda mais lucrativa foi a do zagueiro Doria para o Olympique de Marselha, que rendeu 10 milhões de euros, com 30% indo aos cofres do Botafogo. Um contraste com a janela de 2013, quando Neymar deixou o país em uma transação milionária e polêmica.

Notícias relacionadas