A partida contra o Bahia foi mais uma que serviu para mostrar ao Botafogo a importância de Bruno Silva: em campo só por causa de um efeito suspensivo, ele foi decisivo ao marcar o gol da vitória. No jogo desta quarta-feira contra o Sport, pela Copa do Brasil, não há como escapar: ele está fora. Como foi expulso no jogo de ida, cumprirá suspensão automática na partida da Ilha do Retiro. Os companheiros em campo certamente vão sentir sua falta, mas a ausência também será difícil para o volante:

— Sofro mais torcendo do que em campo, mas tenho certeza que quem entrar no meu lugar vai dar conta do recado. Sei da minha importância no time e estou tranquilo — disse Bruno Silva ontem, em entrevista coletiva.

Mesmo com a tranquilidade, o jogador admitiu que uma sequência de cartões como a que ele vem levando não é normal e prometeu que tentará fazer mudanças.

— Preciso acertar algumas coisas, sou muito competitivo e não gosto de perder. Mas minha forma de jogar vai continuar a mesma — afirmou ele, que já tinha dito que não se considerava um jogador violento.

Pelo Brasileiro, o volante, por enquanto, pode atuar devido ao efeito suspensivo obtido pelo Botafogo até que esse recurso seja julgado pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o que ainda não tem data para ocorrer.

Fonte: Extra Online