Questionado pela imprensa sobre a atuação ruim de Daniel Carvalho no empate do Botafogo em 0 a 0 com o Ceará, nesta terça-feira, na Arena Castelão, o técnico René Simões fez um interessante diagnóstico. O meia precisa “acelerar mais” o jogo.

– Ele tem que entender que o pessoal vai dobrar a marcação em cima dele. Falei para ele: “Não espere que você vai pegar a bola, pensar, girar, não, você vai ter que acelerar. Não é mais o mesmo jogador que arrasata o tempo todo, agora tem que acelerar. Ele perdeu algumas bolas. No segundo tempo melhorou, acelerou melhor o passe, algumas bolas que ele tentou errou, fruto do desgaste – disse.

Na entrevista coletiva, René Simões confessou que não se lembrava de que Daniel Carvalho estava pendurado. O jogador, de propósito, atrasou sua saída de campo quando foi substituído e recebeu o terceiro cartão amarelo, ficando assim fora do duelo da próxima sexta, contra o Bragantino, em Bragança Paulista. René afirmou que, independente do cartão, ele já não jogaria por causa da questão física.

Fonte: Redação FogãoNET