Na tarde do último domingo, o Botafogo empatou em 0 a 0 com o Duque de Caxias, no Estádio Leonidas da Silva, em Bonsucesso, em partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro Feminino A2. Foi o primeiro ponto da equipe comandada interinamente por Leonardo Saraiva, no Grupo 6.

Com o resultado, o Botafogo passa a somar um ponto e, na lanterna do grupo, há a projeção de uma evolução, diante de um cenário no qual o tempo de preparação foi curto.

– A evolução é constante, seja no trabalho, da comissão e das atletas em desempenhar o que é treinado ao longo da semana. As dificuldades não são diferentes do futebol masculino em início de temporada. Tempo para alcançar a melhora física, técnica e tática. Estrutura temos umas das melhores possíveis, com treinos em General Severiano e uma comissão técnica própria para o futebol feminino – comentou Saraiva, em contato ao LANCE!.

– As meninas estão com um entendimento de jogo bem maior e consequentemente um rendimento melhor nas partidas. Isso ficou evidente no último jogo, que por um detalhe (pênalti perdido) não saímos com os três pontos. Aproveito para ressaltar a grande presença da torcida do Botafogo em ambos os jogos disputados e do apoio incondicional – completou.

O Botafogo ainda tem três partidas para realizar em busca da vaga à próxima fase – para isso, terá que ficar entre os dois primeiros do grupo ou então avançar como um dos dois melhores terceiros colocados. As meninas voltam a campo no próximo sábado, contra o América-MG, às 15h, no CEFAT (Niterói).

Contra o Duque de Caxias, o Alvinegro foi a campo com Jéssica; Maria Isabel, Raissa, Debora e Bell; Taciane, Belo, Micaele, Thatiely e Samira.

Fonte: Terra