Após a demissão do técnico René Simões, após a eliminação precoce na Copa do Brasil, na última terça-feira, o Botafogo ainda não anunciou seu novo treinador. Com isso, Jair Ventura dirigirá o time diante do Náutico.

Em entrevista coletiva, o técnico interino botafoguense fez elogios ao jovem Luis Henrique, mas pediu cautela com o atacante.

“O Luis Henrique é um jogador que fiquei encantado. Pela movimentação, pela dinâmica. Para um garoto de 17 anos, isso é surpreendente. Por outro lado, precisamos ser cautelosos. Mas o que ele mostrou, o que fez ele chegar aqui, é muito bacana. Eu digo: os garotos não estão aqui para resolver. Não tem que botar pressão neles. Pressão é na gente”, disse o interino de 36 anos.

Para o duelo frente ao Náutico, entre equipes que brigam na parte de cima da tabela, o Botafogo não poderá contar com o titular William Arão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Camacho, Pedro Rosa e Diego Jardel também ficarão fora, por lesão.

“Nós estamos avaliando as situações. Poupamos alguns atletas dos treinamentos. A esperança é que a gente possa ir com força para este jogo. Sobre o Náutico, a equipe tem 24 pontos, está muito perto da gente. Além disso, é uma equipe competitiva. Vai ser um bom jogo”, afirmou.

Fonte: FutNet