Mal chegou na Alemanha e Ribamar, ex-Botafogo, já vive situação difícil. O atacante está em Munique, onde ocorreram atentados recentemente. Um tiroteio deixou cinco mortos na sexta-feira, com suspeita de terrorismo.

Ribamar nem pôde ir ao treino do 1860 München.

– Estava no hotel e vimos pela televisão. Nem saímos do hotel. Mandaram a gente ficar aqui dentro. Estamos esperando notícias do clube e novas notícias. Complicada a situação na rua. A ordem é ficar aqui e esperar ver o que vai acontecer – afirmou Gustavo Basílio, empresário do atacante, ao site “UOL”.

– O clima fica pesado, né? Mas a gente não tem muita noção porque estamos no hotel. Descemos para comer no próprio hotel. Está todo mundo de olho nas notícias, mas não tem ninguém nas ruas. A polícia mandou todo mundo ficar em casa. É até difícil saber o que acontece, pois nem mesmo a polícia ainda falou sobre quantos atiradores, quantos mortos. Se podemos ter mais ataques. Não sabemos nada – resignou-se o agente.

Fonte: UOL