Torcida do Botafogo xinga Dunga por barrar Jefferson durante jogo no Nilton Santos

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Titular absoluto do Botafogo, o goleiro Jefferson perdeu a posição para Alisson após a derrota na estreia das Eliminatórias. No entanto, o capitão do Glorioso continua em alta com a torcida e com o técnico Ricardo Gomes, que o escalou para enfrentar o Bragantino neste sábado (17) no Estádio Nilton Santos.

Alvaro Navarro foi o grande nome do jogo ao marcar dois gols. Willian Arão e Neilton completaram a goleada por 4 a 0 que deixou o Botafogo ainda mais perto de disputar a Série A em 2016.

Antes do jogo e durante os 90 minutos, os cerca de 12 mil torcedores que foram ao Engenhão protestavam nas arquibancadas com manifestações de apoio a Jefferson e gritos que contestaram a decisão de Dunga ao colocar o goleiro no banco de reservas contra Venezuela.

Aos 32 anos, Jefferson completou neste mês o jogo número 400 com a camisa do Botafogo. Revelado pelo Cruzeiro, o camisa 1 chegou ao alvinegro carioca em 2008 e desde então conquistou duas vezes o estadual (2010 e 2013).

O Botafogo pode confirmar o acesso para a elite do futebol brasileiro na próxima terça (20), quando volta ao Engenhão para encarar o Ceará. No dia seguinte, o técnico Dunga convoca a seleção brasileira para os jogos contra Argentina e Peru nas Eliminatórias.

Notícias relacionadas