A partida contra o Vitória foi marcada pela ausência do atacante Roger, que está fora da sequência da temporada após ser diagnosticado com um tumor renal. Jair, que comandou a equipe com uma camisa em homenagem ao jogador, também comentou o assunto.

“Vai fazer falta em tudo. É uma perda irreversível. É um cara que adoro, uma perda bem difícil, mas tudo que acontecer agora não será nada perto da situação de saúde. Nenhuma situação esportiva pode estar na frente da saúde. Troco qualquer coisa desse ano ou que poderemos ter pela recuperação dele. Estamos muito otimistas, ele também está. Vamos dar força a ele, estamos com ele, é um cara positivo, e tenho certeza que vai tirar essa de letra”, analisou Jair.

Após a derrota, os jogadores do Botafogo terão dois dias de folga e se reapresentarão na quarta-feira. O próximo compromisso da equipe é no dia 11 de outubro, contra a Chapecoense, no Engenhão.

Fonte: UOL