Quando promover um exercício de memória quanto ao próximo adversário pelo Campeonato Brasileiro, o torcedor do Botafogo certamente irá se recordar que o último embate contra o Cruzeiro não foi nada agradável, pois se deu pela derradeira rodada no nacional do ano passado, em que o time então comandado por Jair Ventura ficou no empate em 2 a 2 e, assim, encerrou a competição sem a vaga na Libertadores deste ano.

No jogo do turno, o Botafogo também empatou (0 a 0), porém em casa. Assim, para relembrarmos a última vitória do Glorioso contra a Raposa, é necessário que o ano em questão seja 2016. O palco era o mesmo em que o time de Alberto Valentim estará neste domingo: o Mineirão. À época, mais precisamente no dia 11 de setembro, Jair dava os primeiros passos como técnico e estava reencontrando o mesmo rival que havia goleado sua equipe por 5 a 2, dez dias antes, pela Copa do Brasil, na Ilha do Governador.

A resposta diante da citada goleada foi muito positiva. O Botafogo se impôs e, por 2 a 0, pela 24ª rodada do Brasileiro, alcançou a quarta vitória em cinco jogos de Jair Ventura no Brasileirão. Canales e Camilo, ambos já fora do clube, marcaram os gols, frearam um sequência de sete triunfos consecutivos dos mineiros na competição e o melhor: embalaram de vez a equipe rumo à vaga na Libertadores de 2017.

DE 11/09/16 PARA CÁ, BOTA EMPATOU DOIS E PERDEU UM JOGO PARA O CRUZEIRO

De volta ao presente, o botafoguense sabe da importância de uma vitória no domingo para que o campeão carioca mantenha a boa sequência e a invencibilidade no Brasileiro, no qual soma cinco pontos e ocupa a sexta posição. Para o próximo jogo, cabe destacar, o técnico do Cruzeiro era o mesmo de 2016: Mano Menezes. Ou seja, alerta ligado dos dois lados.

– Temos que manter os pés no chão, com humildade. Está só no início. Teremos essa partida contra o Cruzeiro, mais um clássico, jogo muito difícil. Precisamos estar concentrados e preparar bem para realizarmos mais um bom jogo – alertou Gilson.

FICHA TÉCNICA DA ÚLTIMA VITÓRIA DO BOTAFOGO SOBRE O CRUZEIRO
CRUZEIRO 0 X 2 BOTAFOGO

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/Horário: 11/09/2016/ 16h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
Cartões: Bruno Silva, Joel Carli (BOT); Ábila, Arrascaeta, Willian (CRU)
Gols: Canales (21’/2ºT – 0x1) e Camilo (34’/2ºT – 0x2)

CRUZEIRO: Rafael, Lucas, Bruno Rodrigo, Manoel, Edimar, Henrique, Ariel Cabral (Lucas Romero), Robinho (Willian), Arrascaeta, Rafael Sóbis (Alisson) e Ramon Ábila – Técnico: Mano Menezes.

BOTAFOGO: Sidão, Emerson Santos, Emerson Silva, Joel Carli, Victor Luis, Diogo Barbosa, Bruno Silva, Dudu Cearense, Camilo, Neilton (Rodrigo Pimpão), Sassá (Canales) – Técnico: Jair Ventura.

Fonte: Terra