Nesta sexta-feira, o técnico do Botafogo, Eduardo Hungaro, comandou um treino técnico em campo reduzido para o time reserva do Botafogo, na manhã desta sexta-feira. O treinador praticamente definiu a equipe que encerra a participação do clube no Campeonato Carioca, no sábado, às 15h45m, em Moça Bonita, diante do Nova Iguaçu, pela 15ª rodada. Duas das principais novidades no alvinegro serão a entrada de Cidinho no meio e de Zeballos como único atacante.

Acostumado a jogar pelos lados do ataque, o paraguaio diz não ter problema em jogar improvisado:

– Durante a minha carreira, joguei em diversas equipes e em várias posições. Tenho muita mobilidade no ataque, não há inconveniente . Me sinto muito tranquilo para desempenhar este papel. Gosto de jogar como ponta, mas já joguei também como centroavante – disse Zeballos, que, no Krylya Sovetov, da Rússia, seu clube anterior, chagou a ser escalado como primeiro volante.

No gol, Renan deve ser mantido como titular diante da equipe da Baixada. Alguns juniores completaram a segunda equipe. O time deve entrar em campo com: Renan; Alex, André Bahia, Dankler e Junior Cesar; Airton, Fabiano, Dedé, Cidinho e Gegê; e Zeballos.

Bolatti, que vinha participando do Estadual entre os reservas, não joga. Ele, assim como Henrique, trabalhou entre os titulares já visando o jogo do dia 2 de abril, contra o Unión Española, pela Copa Libertadores, no Maracanã. Eles serão titulares nas vagas de Gabriel e Ferreyra, que estão suspensos.

O volante Renato, que iniciou o Estadual como uma das principais referências da equipe reserva, deve ficar no banco no sábado. Em alguns jogos, como na vitória sobre o Independiente del Valle, na terça-feira, ele não foi relacionado.

Coordenados pelo preparador Ricardo Henriques, os titulares, que serão poupados do jogo de sábado, realizaram um teste físico em um dos lados do campo. Ronny e Anderson, que se recuperam de lesões, fizeram trabalhos físicos à parte. Zeballos treinou chutes em gol. O paraguaio cobrou faltas e pênaltis.

Fonte: O Globo Online