O Botafogo está cada vez mais próximo de cair para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, quadro que piorou com a derrota por 2 a 0 para a Chapecoense na noite deste domingo, na Arena Condá, pela 36ª rodada. O técnico Vagner Mancini admitiu que a situação fica mais preocupante a cada jogo.

Para o treinador, o principal problema para o Botafogo na noite deste domingo foi mais uma vez ter saído atrás no placar.

“É uma situação dramática a cada dia que passa. Precisamos estar de pé e lutar. A equipe sofre muito quando toma um gol. Dá a impressão que perdemos tudo quando isso acontece. O emocional tem sido decisivo e não temos força para empatar ou até virar”, disse o treinador.

“O mais importante é sair na frente do placar em um momento como esse. Se isso acontece, a equipe se enche de brio. Tomar um gol antes complica as coisas. Perdemos força assim. Sair na frente parece o ideal para quem vive o drama do rebaixamento”, complementou Mancini.

Mesmo com o cenário desanimador, Vagner Mancini pediu que o Botafogo continue lutando nas duas últimas rodadas. O Alvinegro precisa vencer os dois jogos e torcer por uma improvável combinação de resultados para escapar da queda.

“Temos que lutar até o fim. Não nos resta outra coisa. A situação hoje parece definida, mas ainda pode ter uma mudança”, disse o treinador, tentando manter o otimismo.

O Botafogo é o 19º colocado do Campeonato Brasileiro com 33 pontos. O Alvinegro está a seis pontos do Palmeiras, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Fonte: UOL