O atacante Henrique Almeida, artilheiro do Coritiba, um dos responsáveis pela recuperação do time no Brasileiro, está feliz da vida.

E não é apenas pela boa fase.

É que o Tribunal Pleno do STJD só julgará o mérito do efeito suspensivo à pena de dois jogos pela expulsão no jogo contra o São Paulo, na 32ª rodada, após o término da competição.

O jogador foi punido pela 3ª Comissão Disciplinar no dia 11 de novembro e no dia seguinte o advogado do clube Itamar Côrtes conseguiu o efeito suspensivo.

Henrique cumpriu a automática no empate em casa com o Figueirense, na rodada 33, e completará no domingo, contra o Vasco, seu quinto jogo amparado pela medida cautelar…

A assessoria de imprensa do STJD informou que, com o adiamento da sessão do último dia 2, o caso do artilheiro ainda não entrou sequer no edital de julgamento da próxima reunião do Tribunal Pleno, no dia 9.

Ou seja: se a punição de dois jogos for mantida, Henrique talvez tenha que cumprir mais um jogo de suspensão no Brasileiro de 2016.

E como ele deverá retornar ao Botafogo, dono de seus direitos federativos, é bem provável que sobre para o Glorioso carioca…

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online