Em entrevista ao site chileno “El Mercurio”, o meia Leo Valencia avaliou como muito positiva sua primeira metade de ano com a camisa do Botafogo. Ele é um dos líderes de assistências no Campeonato Brasileiro, com três.

– Fechei um semestre muito bom no Botafogo, dei muitas assistências e participei bem dos jogos. Estou muito feliz, esse é o caminho para fazer coisas importantes – disse Leo Valencia.

O meia acredita que as boas atuações no futebol brasileiro podem ajudá-lo a retornar à seleção chilena. Após a saída de Juan Antonio Pizzi, hoje técnico da Arábia Saudita, Leo Valencia ainda não foi chamado pelo novo comandante, Reinaldo Rueda.

– Não me sinto fora da seleção e nem acho que não seja parte dessa mudança no comando. Estou num grande clube do Brasil. Se continuar assim, as oportunidades vão aparecer. Pessoalmente, me sinto em condições. Atuando no Brasil, com a sequência que consegui ter, é mais fácil conseguir uma chance – afirmou.

Sob o comando do colombiano Reinaldo Rueda e sem nenhuma convocação de Leo Valencia, o Chile já fez cinco amistosos nesta temporada: venceu Suécia (2 a 1) e Sérvia (1 a 0), empatou com Dinamarca (0 a 0) e Polônia (2 a 2) e perdeu para a Romênia (3 a 2).

Fonte: Redação FogãoNET e El Mercurio