O Vasco foi mais um clube a apresentar uma proposta ao Governo do Estado para que o Maracanã seja gerido pelos clubes. Oficializada na última semana, a intenção do Cruz-Maltino é diferente das já apresentadas por Flamengo e Fluminense. A informação foi publicada pelo site do Globo Esporte e confirmada pelo LANCE!.

Pela proposta cruz-maltina, os clubes se uniriam em consórcio. O Estado também participaria e subsidiaria parte dos custos, e um conselho administrativo faria a gestão do estádio. O governo de Wilson Witsel (PSC) já recebeu outras propostas. O prazo limite é até quinta-feira, às 12h. O resultado será conhecido no dia seguinte, até as 17h.

O Flamengo e o Fluminense já haviam formalizado o interesse na gestão do Maracanã, mas sem mencionar uma parceria entre os clubes. A concorrência, por enquanto é de um consórcio formado por três empresas privadas, entre elas a Bravo Alive, que faz a gestão do Allianz Parque, além de Time for Fun e Golden Goal.

No meio do mês passado, o governador anunciou a rescisão do contrato com o consórcio liderado pela Odebrecht, alegando descumprimento nos pagamentos. O Governo passou a receber propostas de interessados pela administração. Inicialmente seria por seis meses.

Fonte: Terra