Principal jogador do Estudiantes, o volante Sebastián Verón não estará em campo na noite desta terça-feira, no duelo contra o Botafogo, pela estreia dos dois times na fase de grupos da Copa Libertadores. A Conmebol confirmou que o jogador, que é presidente da equipe argentina, terá que cumprir um jogo de suspensão por causa de uma punição na Sul-Americana de 2011.

O time argentino recorreu, segundo o “Diário Olé”, mas obteve uma resposta negativa. Assim, ele não entrará em campo às 21h, no Engenhão, também chamado de Estádio Nilton Santos.

“Não nos toma de surpresa esta notícia (a suspensão de Verón). Estávamos tratando com a Conmebol há uma semana, mas sem publicizar o assunto. Verón teve uma suspensão de 3 rodadas em 2011. O que acontece é que uma norma da Conmebol de 2016 reduziu suspensões de duas ou mais rodadas para somente uma rodada. O regulamento de competições, porém, diz que suspensões de uma rodada prescrevem em três anos”, disse o vice de futebol do time argentino, Pascual Caiella, em entrevista à “Fox Sports” da Argentina.

A punição veio por causa de uma ofensa feita por Verón ao árbitro, no duelo entre Estudiantes e Arsenal, pela Sul-Americana de 2011. O juiz relatou na súmula as palavras ditas pelo “Bujito”.

Fonte: Extra Online