O Botafogo demostrou, ontem, os pilares de sua arrancada no Brasileiro. A vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, com gols de Canales e Camilo, revelou um time aguerrido, organizado (mesmo com quatro desfalques) e preciso nas finalizações. Com o resultado, o clube chegou à oitava colocação na tabela, com 35 pontos — a cinco do G-4 e a oito da zona de rebaixamento. O objetivo, porém, continua sendo escapar da Série B.

— Conseguimos uma grande vitória para nos livrarmos da zona de rebaixamento — ressaltou o técnico Jair Ventura, que assumiu o time na 19ª rodada e na 17ª posição: — O torcedor tem seu papel, a empolgação existe. Mas é jogo a jogo, vamos atrás da permanência.

Foram 90 minutos de equilíbrio. O Botafogo teve a melhor chance no primeiro tempo, desperdiçada por Neílton; já Sidão segurou o Cruzeiro com suas defesas. Na segunda etapa, Canales e Camilo, em um belo chute de primeira, determinaram o placar. O camisa 10 fez festa com a atuação alvinegra e o gol que marcou.

— Mais uma vez peguei bem na bola (contra o Grêmio, Camilo fez um golaço de bicicleta). A equipe toda está de parabéns, mantendo a regularidade que a gente tanto sonhava. Tem jogo na quarta-feira e precisamos continuar nesse ritmo — alertou o meia alvinegro.

A regularidade mencionada por Camilo começou na 19ª rodada. De lá para cá, foram cinco vitórias em seis jogos, resultando na disparada na tabela de classificação. Apesar da aproximação em relação aos líderes do Campeonato Brasileiro, o elenco contém a empolgação.

— Essa vitória mostra a força da equipe, o pensamento é subir de degrau em degrau. Agora é colocar os pés no chão e pensar no Santos — afirmou o lateral-esquerdo Victor Luís.

Para a próxima rodada, quarta-feira, às 19h30, Jair Ventura terá de enfrentar novas adversidades, como o desfalque certo do zagueiro Joel Carli. Nada, porém, que abale a confiança para conseguir a vitória e — por que não? — sonhar com algo mais.

Fonte: Extra Online