Após a derrota por 1 a 0 para o Fluminense, no sábado, o diretor de futebol do Botafogo, Wilson Gottardo, minimizou a crise interna vivida pelo clube. Para ele, ninguém neste momento está pensando em salário atrasado ou algo do gênero, mas em triar a equipe da atual situação no Campeonato Brasileiro. O Dirigente, inclusive, não ficou em cima do muro e disse que ainda crê na permanência do Alvinegro na elite em 2015.

A principal preocupação de Gottardo desde que assumiu o Botafogo é que a crise financeira não atrapalhasse o desempenho da equipe dentro de campo. Faltando quatro rodadas para o fim do Brasileiro, o dirigente lamenta que isso não tenha ocorrido e cobra reação dos jogadores para que o Alvinegro consiga evitar o segundo rebaixamento de sua história.

“Eu sempre alertei para esse momento. Eu alertei para isso. É fato que temos um problema financeiro, e todo profissional tem direito de receber em dia, sim. Lógico que tem. Mas não podemos, a partir disso, criar o segundo problema, o terceiro problema. Agora esses outros problemas chegaram. Isso é grave. Temos que sair dessa agora. Nada do que foi falado, do que foi feito naquela época nos trouxe solução. A solução é trabalhar, é vencer jogo. Eu falei isso há muito tempo. Tenho algumas posições bem definidas. Alguns entendem como polêmica, mas não é polêmica, é a realidade. E sempre assumi tudo aquilo que eu disse”, disse Gottardo em coletiva.

Segundo Gottardo, as derrotas para Fluminense e Atlético-PR deixaram o Botafogo em situação ainda mais complicada. Em dia com a matemática o dirigente explica que planejava no mínimo sete pontos nos três jogos em série em casa, o que não ocorreu.

“Não é um momento fácil. Não esperávamos essa derrota para o Fluminense. Eu imaginava três vitórias e dois empates nesses últimos jogos. A matemática, hoje, faz parte do nosso cotidiano. Mas vamos acreditar sempre. Já houve evolução neste sábado. Apesar da derrota, ainda temos condições de sair. Depende de nós. Chegar na última rodada dependendo das nossas forças é o ideal. Vamos acreditar”, finalizou.

Apesar da derrota para o Fluminense, a rodada não foi tão ruim para o Botafogo, já que a maioria dos seus adversário tropeçou no fim de semana. De todos que lutam contra o rebaixamento, apenas Vitória venceu. Já o Figueirense arrancou um empate diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte. Com 33 pontos, o Alvinegro de General Severiano é o 18º colocado e precisará de ao menos dois jogos para sair da zona da degola.

Fonte: UOL