Único reforço de 2018 que ainda não havia estreado, Yago pôde, neste domingo, contra o Vitória, pelo Campeonato Brasileiro, fazer a sua primeira partida com a camisa do Botafogo. E a missão não foi das mais gratas: substituir Joel Carli (suspenso), xodó da torcida e um dos líderes do elenco.

No fim das contas, o zagueiro de 25 anos, emprestado pelo Corinthians até o fim do ano, foi bem atrás, seguro, porém viu o Glorioso deixar o Nilton Santos com um frustrante empate em 1 a 1. Na zona mista, Yago avaliou a estreia.

– Não era fácil substituir um dos nossos capitães, ídolo da torcida, mas a minha avaliação da estreia foi de que fui seguro, embora o resultado não tenha sido o esperado. Estava um pouco preocupado por conta do ritmo de jogo, mas foi tudo bem, saio feliz. Único fator negativo foi o resultado mesmo – comentou.

Yago não entrava em campo desde o dia 20 de novembro de 2017, quando, ainda pela Ponte Preta, atuou na derrota por 2 a 0 contra o Fluminense. Por falar em equipe tricolor, o defensor projetou o próximo compromisso, agora diante do São Paulo, no Morumbi, nesta quarta-feira.

– Agora é levantar a cabeça pois já temos o São Paulo na quarta e um clássico no sábado (contra o Vasco), para recuperar os pontos perdidos em casa. Ainda que eu ache que um ponto pode fazer a diferença lá na frente, é um campeonato longo, o Vitória é uma boa equipe, já ganhou do Vasco fora. Eles dificultaram bastante, então o ponto aqui não é de se jogar fora – concluiu.

Fonte: Terra