Renato Gaúcho é o técnico mais bem pago do futebol brasileiro, de acordo com levantamento feito pelo Blog e que incluiu todos os grandes clubes do país. Com a renovação do contrato, depois da proposta do Flamengo, o treinador passou a ganhar R$ 900 mil por mês no Grêmio – o valor inclui salários e luvas, como são chamados os prêmios pela assinatura do contrato.

O palmeirense Felipão e o cruzeirense Mano Menezes aparecem logo depois, embolsando R$ 800 mil, cada. Atual campeão brasileiro, Felipão fatura R$ 500 mil mensais de salário e outros R$ 300 mil de luvas. Seu contrato com o Verdão ainda inclui um auxílio-moradia de R$ 11 mil por mês.

No acordo com Mano, além dos altos vencimentos, chama atenção o custo de dois de seus fieis escudeiros: o auxiliar-técnico Sidnei Lobo e o preparador físico Dudu Silva, os mais bem pagos do país. Parceiros do gaúcho há longa data, eles faturam R$ 160 mil por mês, cada.

O corintiano Fábio Carille, que voltou com muito moral da Arábia Saudita, é o quarto do ranking. Ele ganhava R$ 300 mil no Parque São Jorge antes de se mudar ao Al-Wehda. Para conseguir repatriá-lo, o Timão banca R$ 500 mil mensais de salários e R$ 200 mil de luvas. Na capital saudita, ele ganhava R$ 800 mil por mês, livres de impostos.

Jorge Sampaoli no Santos e Abel Braga no Flamengo embolsam praticamente a mesma coisa. Com o detalhe de que o argentino tem seu salário fixado em dólar, ou seja, sujeito às oscilações da moeda americana em relação ao real. Já Abel terá direito a prêmios milionários em caso de conquistas de títulos.

Na sequência, aparecem o atleticano Levir Culpi, com vencimentos de R$ 400 mil; o botafoguense Ricardo e Rogério Ceni no Fortaleza com R$ 250 mil, cada; Enderson Moreira no Bahia com R$ 230 mil; e o colorado Odair Hellmann e o cearense Lisca Doido com R$ 200 mil. Já Fernando Diniz, do Fluminense, e Alberto Valentim, do Vasco, recebem R$ 180 mil por mês. Alçado ao cargo de técnico interino do São Paulo na última quinta-feira, Vagner Mancini seguirá ganhando na casa dos R$ 100 mil – Cuca assumirá o time em abril.

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), um técnico de futebol no Brasil ganha em média R$ 7.987,95 por mês, por uma jornada de trabalho de 41 horas semanais. O levantamento foi feito com a inclusão de 957 treinadores brasileiros durante o segundo semestre do ano passado.

Quanto ganham os técnicos de futebol no Brasil:

1º Renato Gaúcho (Grêmio): R$ 900 mil
2º Felipão (Palmeiras): R$ 800 mil
Mano Menezes (Cruzeiro): R$ 800 mil
4º Fábio Carille (Corinthians): R$ 700 mil
5º Jorge Sampaoli (Santos): R$ 610 mil
6º Abel Braga (Flamengo): R$ 600 mil
7º Levir Culpi (Atlético-MG): R$ 400 mil
8º Zé Ricardo (Botafogo): R$ 250 mil
Rogério Ceni (Fortaleza): R$ 250 mil
10º Enderson Moreira (Bahia): R$ 230 mil
11º Odair Hellmann (Inter): R$ 200 mil
Lisca Doido (Ceará): R$ 200 mil
13º Alberto Valentim (Vasco): R$ 180 mil
Fernando Diniz (Fluminense): R$ 180 mil
15º Marcelo Cabo (CSA): R$ 130 mil
16º Tiago Nunes (Athletico Paranaense): R$ 120 mil
17º Vagner Mancini** (São Paulo): R$ 100 mil

*Valores incluem salários e luvas
** Mancini é coordenador-técnico e ficará como treinador interino até abril

Fonte: Blog do Jorge Nicola - Yahoo! Esportes