Botafogo perde para o Atlético-MG e é eliminado nas quartas de final do Brasileiro Sub-20

91 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Elenco - Atlético-MG x Botafogo - Campeonato Brasileiro Sub-20
Reprodução/SporTV

Com dois gols sofridos em bolas aéreas e um pênalti claríssimo ignorado pela arbitragem, o Botafogo perdeu para o Atlético-MG por 2 a 0 nesta sexta-feira, em Belo Horizonte, e acabou eliminado nas quartas de final do Campeonato Brasileiro Sub-20. O primeiro jogo, no Rio, havia terminado em 0 a 0.

Antes do primeiro minuto, o Botafogo já teve um pênalti contra. Carlos Henrique derrubou Felipe Felicio dentro da área, mas Igo Gabriel foi no cantinho esquerdo e fez uma defesaça na cobrança de Rubens. O Glorioso não fez um jogo ruim, mas encontrou dificuldades para criar chances.

Atuando em casa, o Atlético-MG levou mais perigo. Aos 29 minutos, Rubens arriscou um ótimo chute de fora da área e Igo Gabriel de novo teve que trabalhar com uma difícil intervenção. Três minutos depois, o goleiro nada pôde fazer: Carlos Daniel cruzou e Cauê, livre no segundo pau, fez 1 a 0, de cabeça.

O Botafogo poderia ter chegado ao empate no início do segundo tempo não fosse a arbitragem. Rikelmi foi derrubado dentro da área por Carlos Daniel aos 11 minutos num lance claríssimo, mas o árbitro mineiro Murilo Francisco Misson Junior, de frente para o lance, mandou seguir.

Aí o Botafogo voltou a sofrer com as bolas aéreas. Aos 19 minutos, Rubens cruzou da esquerda e o zagueiro Léo Simoni, de cabeça, dobrou a vantagem do Atlético. O placar ficou mais difícil de o Glorioso conseguir reverter, o time tentou, mas não conseguiu reagir e acabou eliminado.

Próximos jogos do Botafogo

O Botafogo agora tem pela frente as quartas de final da Copa Rio Sub-20/OPG. Na segunda-feira, o Glorioso encara a Cabofriense, às 15h, no Caio Martins. A volta está marcada para quinta, no mesmo horário, no CEFAT.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 0 BOTAFOGO

Estádio: SESC Alterosas
Data-Hora: 22/10/2021 – 16h
Árbitro: Murilo Francisco Misson Junior (MG)
Assistentes: Marcyano da Silva Vicente (MG) e Breno Rodrigues (MG)
Renda e público: Portões fechados
Cartões amarelos: Cauê e Gabriel Santos (ATL); Wendel e Gabriel Conceição (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Cauê 32’/1ºT (1-0) e Léo Simoni 19’/2ºT (2-0)

ATLÉTICO-MG: Gabriel Delfim; Carlos Daniel (Rômulo 36’/2ºT), Cauê, Leo Simoni e Vinicius Nogueira; Daniel Borges (Alexandre Lopes 47’/2ºT), Rubens e Júlio César (Ruan Nascimento 36’/2ºT); Gabriel Santos (Vitor Lima – Intervalo), Felipe Felicio (Diego Acosta 32’/2ºT) e Sávio (Kaian Ferreira 32’/2ºT) – Técnico: Marcos Valadares.

BOTAFOGO: Igo Gabriel; Carlos Henrique (Ewerton – Intervalo), Henrique Luro, Reydson e Vitor Marinho; Wendel (Raí – Intervalo), Kauê (Guilherme Liberato 30’/2ºT) e Juninho (Ênio 16’/2ºT); Vitinho (Ryan 8’/2ºT), Matheus Nascimento e Rikelmi (Gabriel Conceição 30’/2ºT) – Técnico: Ricardo Resende.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas