Botafogo soma quase R$ 100 milhões em execuções imediatas de dívidas por ordem da Justiça

34 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Botafogo x Vasco - Estádio Nilton Santos
Vitor Silva/Botafogo

Segue um exemplo do caos financeiro em que o Botafogo se encontra. Dias atrás, a TV Record apresentou ao TJ do Rio as ordens das execuções imediatas, após ordens judiciais, para a penhora de direitos de transmissão do Campeonato Carioca. A emissora listou uma fila de credores cujas cobranças somam, veja só, R$ 95.689.953,33.

As informações foram passadas após a Justiça determinar a penhora de R$ 53.362.122,00 em favor da Odebrecht, sobre contrato celebrado entre a construtora e o clube em 2013. O Botafogo, naturalmente, contesta a cobrança e o valor citado.

A Record avisou, para azar da construtora em recuperação judicial, que não há qualquer possibilidade de ela receber valores que ainda resta ser pagos ao Glorioso.

Fora a questão da Odebrecht, o Alvinegro deve ao Sindicato dos Empregados e Jogadores Profissionais sobre dívidas trabalhistas de funcionários e ex-funcionários da ordem de R$ 39,4 milhões.

Lembrando que a lista apresentada pela Record cita apenas as determinações que pedem a penhora dos direitos de transmissão do Campeonato Carioca. Ou seja, a situação pode ser ainda pior.

Fonte: Blog do Ancelmo Gois - O Globo Online

Notícias relacionadas