Cidadão carioca, Textor quer nova geração de torcedores do Botafogo e brinca com Gatito: ‘Você é goleiro de Premier League, mas não vou vendê-lo para o Crystal Palace’

17 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Cidadão carioca, Textor quer nova geração de torcedores do Botafogo e brinca com Gatito: ‘Você é goleiro de Premier League, mas não vou vendê-lo para o Crystal Palace’
Vitor Silva/Botafogo

Condecorado como cidadão carioca em solenidade nesta quinta na Câmara Municipal do Rio, John Textor fez um longo discurso de agradecimento. Dono da SAF do Botafogo, o empresário começou brincou com Gatito Fernández, um dos que também receberam a honraria junto ao zagueiro Joel Carli.

– Eu pedi que colocassem meus melhores momentos no vídeo, e me colocaram chorando (risos). Meu vídeo foi muito curto, e o vídeo do Gatito e do Carli foi muito melhor. Falei para eles que sou muito feliz que agora sou o irmão mais velho deles, agora somos irmãos. Vi vocês na TV, vocês são gigantes, muito importantes para o Botafogo. Gatito, você definitivamente é um goleiro de Premier League, mas prometo à família Botafogo que não vou vendê-lo para o Crystal Palace – brincou Textor.

Em seguida, John Textor fez um agradecimento ao presidente alvinegro Durcesio Mello e falou que é uma honra estar neste momento comandando o Botafogo:

– Quero agradecer especialmente ao Durcesio e ao Pedro (Paulo, deputado federal), dois homens com uma grande visão, vim para o Brasil pelo momento histórico que está chegando. É um privilégio em vida, e digo isso aos jovens, de fazer parte desse momento especial, do qual as pessoas vão lembrar pelos próximos anos. É um grande clube, mas é mais do que isso. Algo acontece no Brasil no qual o mundo está começando novamente a prestar atenção. Se eu vim para o Brasil, é uma honra de conectar ao Mais Tradicional. Não acredito que fui tão sortudo de acontecer isso comigo. Pedro e Durcesio, vocês pavimentaram o caminho para que eu chegasse e fizesse parte dessa família. Marcio (Ribeiro, vereador que propôs a homenagem), achei essa sua ideia coisa de maluco, mas quando entrei aqui e vi essa avalanche de amor nessa casa tão especial, agradeço por ter feito isso.

Por fim, John Textor afirmou que tem como objetivo ajudar a criar uma nova geração de torcedores do Botafogo.

– Muitos me falam que é torcedor por que é “o time do meu pai, do meu avô”, mas agora temos a oportunidade de fazer algo especial, de que as crianças escolham o Botafogo. Agora temos que construir uma nova geração de torcedores do Botafogo. E você faz isso ganhando. Não podemos prometer vitórias, mas podemos prometer que vamos trabalhar mais do que ninguém para vencer. Com a paixão dos nossos torcedores, nos bons e maus momentos, sentimos a energia deles, é por isso que me emocionei tanto naquele dia. Vamos trabalhar forte e vamos honrar esse amor de vocês com trabalho duro. Obrigado por essa honraria, sinto esse amor do Rio, estou transmitindo isso à minha família, muito obrigado – encerrou Textor, sendo aplaudido pelos alvinegros que lotaram as galerias.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas