Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

22/05/21 às 15:05 - São Januário

Escudo Vasco
VAS

X

Escudo Botafogo
BOT

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Após cláusulas danosas ao clube, Botafogo muda formato e inclui performance como critério

54 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Adriano Colares e Eduardo Freeland - Treino do Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O fim da temporada de 2020 foi marcado, entre outros aspectos, pela descoberta de contratos com cláusulas que prejudicaram o Botafogo, como renovação automática, meta de jogos atingidos e possibilidade de rescisão unilateral apenas por parte do jogador. O clube mudou o formato e inclui nos novos acordos a performance como critério. A informação é do site “GE”.

São exemplos que geraram polêmica: renovações automáticas de Cícero apenas por o Botafogo se manter na Série A; bônus de quase R$ 10 milhões a Pedro Raul se atuasse em 60% dos jogos; renovações com aumento salarial para Luiz Otávio, Helerson e Diego Cavalieri, entre outros; aumentos para Fernando; meta de extensão de vínculo de Joel Carli por participar de 60% dos jogos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil; contrato de Kalou que possibilitava apenas ao atacante a rescisão unilateral sem custos; pagamento de US$ 250 mil (cerca de R$ 1,4 milhão) ao Cusco por Alexander Lecaros por não se atentar ao mecanismo de solidariedade.

No novo formato, o Botafogo não quer mais premiar jogadores por números de partidas ou minutos em campo, mas por desempenho técnico. Com o departamento de futebol comandado pelo diretor de futebol Eduardo Freeland, o clube criou um método de avaliação interna, no qual o atleta precisa ter bons índices para receber bonificação. A titularidade também é um critério.

Em alguns contratos, há a renovação automática em caso de acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Redação FogãoNET e GE

Notícias relacionadas
Comentários