Enderson pede desculpas a jogadores e torcida do Botafogo por expulsão: ‘Não foi a estreia que eu gostaria’

135 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Enderson pede desculpas a jogadores e torcida do Botafogo por expulsão: ‘Não foi a estreia que eu gostaria’

O técnico Enderson Moreira mostrou arrependimento por ter sido expulso logo em sua estreia no Botafogo, na vitória sobre o Confiança por 1 a 0 neste sábado, em Aracaju. Em entrevista coletiva, o treinador afirmou que se desculpou com os atletas e também direcionou uma mensagem à torcida.

Conversei com os atletas, realmente foi uma atitude que eu não deveria ter feito. Estamos muito envolvidos com a responsabilidade que é dirigir o Botafogo, queremos sempre ganhar. Não houve desrespeito com ninguém, mas sim uma cobrança em cima de um lance. Não é uma conduta que faz parte do que eu penso. É uma coisa que precisamos evitar acima de tudo. Somos colocados à prova constantemente e precisamos ter equilíbrio emocional. Hoje não consegui me conter e peço desculpas para a torcida e para os atletas, não é a estreia que eu gostaria – disse.

Por conta da expulsão, Enderson Moreira não poderá comandar a equipe terça-feira, contra o CSA, no Estádio Nilton Santos, em jogo atrasado da sexta rodada da Série B. Luis Fernando Flores, auxiliar-técnico, comandou o Botafogo nos minutos finais da partida em Aracaju.

– É claro que tem um prejuízo, mas temos tanto o Luis Fernando quanto o Lucio Flavio que são auxiliares competentes que podem comandar a equipe – frisou Enderson.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas