(OFF) Ex-Botafogo, Jair Ventura é demitido da Chapecoense após 14 jogos e nenhuma vitória

80 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Jair Ventura - Chapecoense
Marcio Cunha/ACF

A diretoria da Chapecoense informou na manhã desta segunda-feira (2) que Jair Ventura não é mais o técnico da equipe alviverde. O desligamento ocorreu após a derrota por 1 a 0 para o Santos, neste domingo (2), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O auxiliar técnico Emílio Faro, o analista de desempenho Antônio Macedo e o preparador físico Ricardo Rodrigues também foram desligados do clube.

“Pelo trabalho realizado por Jair Ventura e sua comissão, o Verdão expressa o desejo de que os próximos projetos sejam de sucesso”, diz nota da Chapecoense.

Ventura chegou à Chape no dia 3 de junho para substituir Mozart, demitido após a derrota na final do Campeonato Catarinense.

No comando da Chapecoense, Ventura não venceu. Em 14 jogos, foram quatro empates e 10 derrotas: 9,5% de aproveitamento. O número é o pior desde a passagem de Hemerson Maria, no início de 2020.

Segundo a nota da Chapecoense, a partir de agora o comando técnico da equipe ficará a cargo da comissão técnica permanente, com o profissional Felipe Endres exercendo a função de treinador interino.

Chapecoense perdeu ontem

A Chapecoense perdeu a sétima partida seguida ao ser derrotada pelo Santos, por 1 a 0, na noite deste domingo (1), na Arena Condá, pela 14ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O resultado negativo mantém o Verdão do Oeste como a única equipe que ainda não venceu na competição.

Com apenas quatro pontos em 14 rodadas, a Chape ocupa a última colocação do Brasileiro, com aproveitamento de 9,5%. O Verdão do Oeste volta a campo no próximo dia 8 (segunda-feira), contra o Grêmio, às 20h, na Arena, em Porto Alegre.

Fonte: ND+

Notícias relacionadas