Ídolo do Botafogo, Loco Abreu é eternizado no Maracanã com os pés na Calçada da Fama: ‘É um dia muito especial, uma honra’

28 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Ídolo do Botafogo, Loco Abreu é eternizado no Maracanã com os pés na Calçada da Fama: ‘É um dia muito especial, uma honra’
Vitor Silva/Botafogo

Ídolo do Botafogo, o ex-atacante Loco Abreu colocou os pés na Calçada da Fama do Maracanã e foi eternizado em cerimônia na Tribuna de Honra do estádio na tarde desta quarta-feira. Ele é o segundo uruguaio a receber a honraria, depois de Alcides Ghiggia, campeão mundial em 1950.

A cerimônia contou com a presença do presidente do Botafogo, Durcesio Mello, do técnico campeão carioca de 2010 pelo clube, Joel Santana, e do ex-jogador e hoje técnico do time B do Glorioso, Lucio Flavio, entre outras personalidades. Até mesmo o árbitro do fatídico jogo da cavadinha, Gutemberg de Paula Fonseca, estava presente.

– Tem muita gente para agradecer, mas é um dia especial. Estar aqui no Maracanã, para nós uruguaios, para nós botafoguenses, matar aquele jejum do Maurício, em 2010, manter o Botafogo como único tetra carioca… É muita coisa linda. Sei que tem muito mais craques que estão aqui, que merecem até mais, mas eu não podia falar “não” a esse convite, a essa honra, ficar eternizado por um clube que está dentro do meu coração – afirmou Loco Abreu.

– Estou colocando os pés, mas na verdade tem toda essa turma atrás da gente. Eu sozinho não faria porra nenhuma. É como o Antônio Carlos falou para mim, que eu teria que colocar a cabeça, não os pés. Naquele momento, Deus iluminou a gente para fazer aquela cavadinha. Tinha uma superstição que os caras ficaram sabendo depois, que eu fui treinar pênaltis, errei os três, e ganhamos no dia seguinte. Aí depois disso eu passei a errar os pênaltis no treino de propósito. Fui pegando esse vício botafoguense até os dias de hoje – brincou o ex-camisa 13.

– Estou muito feliz de estar aqui, muita gratidão ao Brasil, ao Rio de Janeiro, ao Botafogo… O Maracanã é impressionante, eu fico com vergonha de saber que Pelé, Romário, Ronaldo e aí aparece o Loco… É muito emocionante, só não falo mais porque acabo me emocionando mais – finalizou o uruguaio.

Veja como foi a cerimônia na transmissão do FOGÃONET:

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas