Jogadores e vice-presidente do Botafogo conversam com torcedores em protesto na saída do treino

102 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Rafael Moura - Protesto da Fúria Jovem do Botafogo
Twitter/Fúria Jovem

Alguns jogadores pararam para conversar com integrantes da organizada Fúria Jovem do Botafogo que protestaram na saída do Estádio Nilton Santos após o treino desta segunda-feira, insatisfeitos pela péssima campanha do Glorioso no início da Série B do Campeonato Brasileiro.

Imagens divulgadas pela própria organizada mostram Rafael Moura, Marco Antônio e Pedro Castro conversando com os torcedores. Jogadores e torcedores não usavam máscaras e estavam bem próximos uns aos outros, acompanhados de um segurança do clube.

Em outra imagem, o meia-atacante Chay também aparece conversando com os torcedores de dentro do carro. O vice-presidente geral do clube, Vinicius Assumpção, também conversou com os membros da Fúria, que levaram uma faixa pedindo “vergonha na cara“.

Segundo a página Bastidores do Botafogo, o clube permitiu a entrada de três torcedores para uma reunião em que estiveram presentes o presidente Durcesio Mello, o vice Vinicius Assumpção, o diretor de futebol Eduardo Freeland e os jogadores Kanu, Carli e Diego Loureiro.

Além dos protestos, o Botafogo vive um momento de incerteza quanto à permanência do técnico Marcelo Chamusca, muito pressionado após os recentes resultados. O Glorioso não vence há três jogos e está em décimo lugar na Série B, com 13 pontos.

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter Bastidores do Botafogo

Notícias relacionadas