Jornalista vê Botafogo como exemplo para Cruzeiro e Vasco e para Grêmio se cair

17 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Jornalista vê Botafogo como exemplo para Cruzeiro e Vasco e para Grêmio se cair
Vitor Silva/Botafogo

Na maior Série B de todos os tempos, o Botafogo foi o grande campeão, conquistou o acesso e o título antecipadamente. Outros postulantes a subir ficaram para trás e vão passar mais um ano na Segunda Divisão. O jornalista Alexandre Praetzel analisou no site “Yahoo!”.

– Times tradicionais como Cruzeiro e Vasco vão permanecer na Série B. Não tem receita de bolo, precisa de gestão e time. O Vasco fez time cheio de veteranos, achou que ia ganhar no nome e na camisa, nunca foi um bom time durante a Série B inteira. Olhávamos e falávamos não vai subir. Na reta final, após Fernando Diniz sair, só deu vexame, foi simplesmente ridículo. O Cruzeiro também nunca deu ideia de que conseguiria o acesso, time barato, competitivo, mas de pouca qualidade. O Botafogo deu liga com Enderson Moreira, o Coritiba sempre esteve ali no G-4, consistente, e o Goiás na reta final acabou conseguindo o acesso. O Avaí subiu com emoção nos minutos finais – lembrou.

O jornalista já projeta uma Série B forte em 2022 e coloca o Botafogo como um exemplo para quem quer subir.

– Para quem vai cair, Sport e Chapecoense já confirmados, Grêmio com grandes possibilidades, ainda tem na briga Bahia, Atlético-GO, Juventude, a Série B vai ser muito difícil. Acho que o Grêmio será o mais estruturado, mas vai passar por pequena reformulação. Para mim a receita de Série B para subir no ano seguinte é administrar a cota de TV, a do Grêmio vai cair de R$ 80 (milhões) para 8 (milhões). Tem que ter time veloz, competitivo e mesclado, com jogadores experientes e jovens, como o Botafogo fez e deu certo. Acho que é isso. O Cruzeiro vem forte, o Vasco está tentando, o Grêmio é fortíssimo candidato a voltar caso realmente caia. Mas não tem receita de bolo, é gestão, trabalho, time veloz, competitivo e mesclado para enfrentar Série B muito difícil – completou Praetzel.

Fonte: Redação FogãoNET e Yahoo!

Notícias relacionadas