Juíza nega pleito da defesa de Loco Abreu alegando má-fé do Botafogo; clube busca ‘acordo justo’ com ídolo

45 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Loco Abreu, ex-Botafogo, se despede dos gramados nesta sexta no Uruguai
Satiro Sodré/SSPress

O departamento jurídico do Botafogo enviou nota à imprensa nesta quinta-feira atualizando o caso envolvendo o ex-atacante Loco Abreu. O uruguaio cobra quase R$ 6 milhões do clube na Justiça. Confira:

“Em decisão recente, a Juíza Karenina David Campos de Souza e Silva, da 35ª Vara Cível do TJ do Rio, negou o pleito apresentado pelos advogados do ex-atleta Loco Abreu com alegação de “má-fé” do Clube em sua defesa no processo. O Botafogo reforça a seriedade e a responsabilidade da gestão, inclusive em suas ações na Justiça.

O Botafogo segue discutindo os valores apresentados no processo e reitera interesse em chegar a um acordo justo com Loco Abreu, ídolo da torcida alvinegra e ex-atleta do clube. Contudo, discorda e não reconhece o que está sendo pleiteado por seus advogados, pois há excesso pecuniário inaceitável e sem respaldo material.”

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas