Justiça autoriza penhoras somando R$ 3,5 milhões no que o Botafogo tem a receber de Willian Arão

57 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Willian Arão em Botafogo x Bahia | Série B do Campeonato Brasileiro 2015
Vítor Silva/SSPress/Botafogo

O Botafogo deve conseguir ver muito pouco dos quase R$ 4,9 milhões que Willian Arão tem a pagar ao clube pela quebra de contrato para poder ir para o Flamengo. Segundo o “Canal do Mandy”, cerca de R$ 3,5 milhões foram comprometidos com duas penhoras de ex-funcionários.

A Justiça autorizou que o ex-goleiro Roger Noronha – que atuou pelo Botafogo de 2007 a 2008 – bloqueie cerca de R$ 2,4 milhões do valor a título de pagamento de direitos de imagem atrasados. O outro processo é movido pelo ex-preparador de goleiros Christiano Fonseca, que conseguiu a penhora de R$ 1,1 milhão.

Somando esses valores aos R$ 800 mil do processo movido pelo ex-técnico Oswaldo de Oliveira, o Botafogo receberia apenas pouco mais de R$ 500 mil. Cabe ressaltar que o Alvinegro ainda pode recorrer dessas duas decisões relativas aos processos de Roger e Christiano.

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do Mandy

Notícias relacionadas