Justiça determina penhora de R$ 3,1 milhões do Botafogo por dívida cobrada pela Vale desde 1997

43 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Justiça determina penhora de R$ 3,1 milhões do Botafogo por dívida cobrada pela Vale desde 1997
Satiro Sodré/SSPress/Botafogo

Decisão do juiz Eric Scapim Cunha Brandão, da 28ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, determinou penhora nas contas do Botafogo de R$ 3.110.882,56 referente a um processo movido pela Vale que tramita desde 1997. A informação é do “Esporte News Mundo”.

Trinta por cento de todo valor recebido pelo Botafogo referente a direitos de transmissão junto à TV Globo e à Record TV e também por premiações da CBF devem ser depositados em juízo até completar o valor cobrado pela Vale. Isso depois de a Justiça encontrar nas contas do clube apenas R$ 1.206,02 em decisão de janeiro.

Entenda o caso

O Botafogo celebrou dois contratos com a Vale em 1993, referente a débitos e reformas na sede social. Os pagamentos não foram feitos pelo clube, e a empresa entrou com ação no TJ-RJ em 1997.

A ação se arrastou até que, em 2010, houve um acordo entre as partes, com o Botafogo cedendo uma área do Estádio Nilton Santos por 74 meses para o projeto “Estação do Conhecimento”. Com a interdição do estádio em 2013, o projeto foi interrompido e a Vale reativou a execução da dívida.

Fonte: Redação FogãoNET e Esporte News Mundo

Notícias relacionadas