Lédio Carmona vê erro em substituição no Botafogo: ‘Tirou o Matheus Nascimento e deixou o Chay’

70 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Matheus Nascimento em Botafogo x Fluminense | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/TV Globo

Para o comentarista Lédio Carmona, no programa “Troca de Passes”, do “SporTV”, uma substituição no Botafogo acabou tendo peso no segundo tempo da derrota por 1 a 0 para o Fluminense, neste domingo (26/6), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele acredita que Vítor Severino, que representou o suspenso Luís Castro no banco de reservas, poderia ter feito diferente.

– Foi muito clara a dificuldade dos dois lados. O Fluminense teve a bola, mas dificuldade contra um Botafogo remendado, que impediu finalizações. O Fluminense terminou com 11 finalizações, mesmo com quase 80% da posse. O Botafogo se trancava, no primeiro tempo teve contra-ataque, via Matheus Nascimento. No segundo tempo, recuou mais, Luís Castro errou ao tirar o Matheus Nascimento, podia tirar o Chay. Teria mantido, era o atacante mais ligado no jogo. Abriu mão, deixou o Chay, que fez jogo bem abaixo. O Botafogo foi recuando, definhando, até que saiu o gol do Manoel. O Botafogo teve muito pouco poder de contra-ataque – avaliou Lédio, que acrescentou.

– Para um Botafogo bem remendado, conseguiu o que podia. Kayque faz muita falta, Patrick de Paula, não tinha os extremos. Conseguiu equilibrar um clássico muito desfavorável, mas tecnicamente o Fluminense sobrou e em termos de soluções conseguiu os poucos caminhos que o Botafogo ofereceu – frisou.

O Botafogo volta a campo quinta-feira (30/6), para enfrentar o América-MG, pela Copa do Brasil.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas