Luís Castro elogia segundo tempo do Botafogo contra a Portuguesa: ‘Tivemos o controle total, faltou marcarmos o gol’

66 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Luís Castro em Portuguesa x Botafogo | Taça Rio 2023
Vítor Silva/Botafogo

O técnico Luís Castro elogiou o segundo tempo do Botafogo no empate em 0 a 0 com a Portuguesa neste sábado (18/3), na Ilha do Governador, pelas semifinais da Taça Rio-2023. Para o treinador, o que faltou para a vitória foi ser mais eficiente nas conclusões.

Foi um primeiro tempo em que não estivemos num bom nível e um segundo em que tivemos o controle total do jogo, com uma bola no travessão e outra na trave. Além disso criamos outras três chances claras de gol e o adversário não criou nenhuma situação de perigo à nossa baliza. Faltou marcarmos o gol para ganharmos e para termos o resultado que seria o justo pelo que foi o jogo – explicou Castro.

O treinador alvinegro falou sobre a cera da Portuguesa e, quando perguntado sobre o que falta para o time visando o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana, preferiu passar ao largo.

Já disse quando terminou a temporada passada e quando começou essa, não vou voltar a dizer. Hoje nos faltou eficácia. O jogo que a Portuguesa fez de quebra de ritmo já tinha sido feito na primeira vez que nos encontramos. Eles estão no direito, é uma estratégia – admitiu.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas