Luís Castro vê vaias como normais após nova derrota do Botafogo: ‘Sequência horrível, aumentamos a pressão’

116 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Luís Castro em Botafogo x Avaí | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/Premiere

Um dos alvos dos xingamentos da torcida após a derrota para o Avaí, o técnico Luís Castro viu o comportamento do torcedor do Botafogo como natural após mais um resultado negativo dentro do Estádio Nilton Santos. O treinador admitiu que a sequência não é nada boa.

– Vamos olhar para o futebol como ele é. Nunca nenhuma torcida fica contente com a equipe numa situação dessa. Vejo com normalidade. Não há nenhum torcedor do Botafogo que esteja contente com essa situação. É normal sermos vaiados, ninguém no estádio gostou do nosso resultado. No primeiro tempo o time foi coeso, compacto, criou situações de gol, foi um primeiro tempo aceitável. A partir do resultado adverso, já saberíamos. É normal o que acontece – disse.

Luís Castro elogiou o primeiro tempo, mas disse que o gol marcado pelo Avaí nos acréscimos da etapa final acabou desestabilizando completamente o time.

– Era importante ganharmos, não fizemos e a situação fica ainda mais difícil para nós. Fizemos uma sequência horrível de resultados. Hoje criamos diversas situações de jogo no primeiro tempo e não conseguimos, adotamos uma estratégia um pouco diferente, tentamos ganhar espaço nas costas dele, conseguimos. Criamos quatro possíveis situações de gol, mas o adversário nos desestabilizou com o gol no fim do primeiro tempo e nossa equipe nunca conseguiu mais se encontrar – afirmou o treinador, concluindo:

– Aumentamos aquilo que são nossas dificuldades no campeonato. Se já estávamos pressionados, aumentamos a pressão sobre os próximos jogos, não há o que esconder. Agora ão temos nem 72 horas para um jogo extremamente complicado, é uma situação realmente difícil.

O Botafogo volta a campo quinta-feira para enfrentar o São Paulo, às 16h, no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas