Marçal enche a bola de Jeffinho no Botafogo: ‘Joguei 12 anos na Europa e nunca vi um ponta com a qualidade dele. Se a bola começar a entrar, f…’

30 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Marçal enche a bola de Jeffinho no Botafogo: ‘Joguei 12 anos na Europa e nunca vi um ponta com a qualidade dele. Se a bola começar a entrar, f…’
Vitor Silva/Botafogo

Um dos principais destaques do Botafogo no Campeonato Brasileiro, o atacante Jeffinho encheu os olhos da torcida alvinegra e também da crítica. Um dos responsáveis por seu crescimento no Glorioso com conselhos valiosos dentro de campo, o lateral-esquerdo Marçal encheu a bola do garoto e acreditou que ele tem potencial para atuar na primeira prateleira do futebol europeu.

– O moleque é craque. Eu joguei 12 anos na Europa, quase 13, joguei com muitos bons jogadores, não lembro de ter pego um ponta com a qualidade dele. Acho que ele tem toda a capacidade de jogar na Europa, e não é jogador para Wolverhampton, é um jogador para o Lyon… E aí vamos ver, talvez ele chegue lá e arrebente. Ele não tem medo, pode dar porrada, levanta e vai para cima. É inteligente, sabe jogar. Quando ele começar a acertar a porra do gol e a bola entrar, fodeu – disse Marçal, em entrevista ao canal “Resenha com TF” nesta terça-feira.

Apesar do ótimo desempenho, Jeffinho não foi eleito a revelação do Brasileirão. A CBF acabou premiando Endrick, do Palmeiras, que fez apenas sete jogos na competição. Marçal discordou frontalmente da escolha.

– Esses são aqueles momentos que você começa a duvidar se as coisas no Brasil são reais mesmo, se são sinceras… Quando você fala de convocação para a Seleção, por exemplo… Quando estávamos no Lyon, o Marcelo zagueiro fez uma temporada fora do normal, jogou para cacete, e os caras levaram o Pablo, que estava no Bordeaux e jogava de vez em quando – lembrou Marçal.

Fonte: Redação FogãoNET e Canal Resenha com TF

Notícias relacionadas