Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Remo
REM

Série B

05/06/21 às 21:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

2

X

0

Escudo Coritiba
CTB

Série B

28/05/21 às 21:30 - OBA

Escudo Vila Nova
VLN

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Técnico admite necessidade de melhora de Marcinho no Botafogo e desabafa: ‘Não tem isso de jogador do Chamusca’

92 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Marcelo Chamusca e elenco - Nova Iguaçu x Botafogo
Reprodução/CariocãoTV

Técnico do Botafogo, Marcelo Chamusca deu uma leve desabafada na entrevista coletiva deste domingo, após a vitória por 1 a 0 sobre o Nova Iguaçu. O treinador pareceu se defender das críticas e insinuações de que dá mais oportunidades a determinados jogadores.

Todos os jogadores que foram contratados são do Botafogo, não é de fulano, beltrano, não tem jogador de Chamusca. Não sou empresário. Os que vieram e trabalharam comigo foram analisados e passaram por todos os protocolos que o clube faz para contratações. Procuramos escolher os melhores durante a semana, de acordo com adversário e plano de jogo. Não existe jogador A ou B, existem jogadores do Botafogo. Podem até não estar performando, mas o trabalho do treinador é fazer eles melhorarem e performarem, porque são bons jogadores e têm currículo bom – declarou Chamusca.

A resposta espontânea foi após uma pergunta sobre a não utilização de Cesinha entre os relacionados e a escolha de Marcinho para entrar. O meia-atacante acabou expulso em menos de dez minutos.

– (Sobre Cesinha) Foi opção técnica, escolhemos os jogadores pelo que desempenharam durante a semana. A não vinda do Cesinha foi por opção técnica, havia outros jogadores que poderiam fazer a função, como Ricardinho, que tem nível de maturidade mais alto e boa bola parada.

– A escolha do Marcinho foi porque (Matheus) Nascimento estava com dificuldade de sustentar bola na frente. A ideia era continuar construindo pelo lado e ter dois atacantes de área. A partir do momento do gol, queríamos ter um atacante com mais recomposição, no que o Marcinho se encaixa. Tem tido algumas dificuldades, precisa melhorar muito na parte técnica. Mas entrega, trabalha, por já ter trabalhado com ele sei o que pode proporcionar. Hoje a escolha foi considerando a parte tática, por isso foi escolhido. Concordo que o atleta precisa sim melhorar, estamos trabalhando para isso. Ele foi muito infeliz, tem consciência disso, dois cartões rápidos em jogo controlado, o que nos trouxe dificuldade. O atleta está aí, a função do treinador é melhorar o atleta em todos os aspectos. Tem potencial para apresentar muito mais que o que está desenvolvendo – completou.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas
Comentários