Técnico do Goiás, Jair Ventura revela sentimento especial por enfrentar o Botafogo: ‘É diferente’

46 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Técnico do Goiás, Jair Ventura revela sentimento especial por enfrentar o Botafogo: ‘É diferente’
Rosiron Rodrigues/Goiás EC

O Botafogo reencontrará na próxima segunda-feira, quando enfrentar o Goiás no Estádio Nilton Santos, um velho conhecido: Jair Ventura. Filho de Jairzinho, ele trabalhou no clube por quase uma década e, como treinador, levou o Glorioso às quartas de final da Libertadores e às semifinais da Copa do Brasil em 2017.

Agora, Jair Ventura comanda o Goiás. Às vésperas do reencontro com o clube que o revelou, o treinador admitiu que a partida da próxima segunda-feira terá um significado especial.

É diferente porque o Botafogo não só me formou como treinador, mas como pessoa. Cheguei como estagiário em 2008 e saí no fim de 2017. Foram 10 anos de casa. Fiz 99 jogos como treinador do time principal, fui treinador do time sub-20, analista de desempenho, preparador físico, auxiliar técnico. Passei por diversos setores, conheço o clube. Tenho um carinho enorme por ter sido formado como treinador e como pessoa. Meu pai (Jairzinho) jogou lá por 13 anos – disse Jair, continuando:

Volto lá com a camisa do Goiás e vou fazer o máximo para sair com a vitória. Mas com certeza é um jogo diferente por ter ficado tanto tempo no Botafogo.

Falando diretamente sobre o jogo, Jair Ventura disse que o Goiás vai buscar a vitória diante do Botafogo, assim como conseguiu triunfar como visitante contra Atlético-GO, no Campeonato Brasileiro, e Red Bull Bragantino, pela Copa do Brasil.

– É mais uma grande equipe que vamos enfrentar. Uma equipe que vem contratando bastante, é um bom time. É mais um grande desafio, como foi contra o Santos e o Bragantino. É a Série A, os jogos são muito difíceis, os times muito qualificados, mas também estamos mostrando nossas qualidades. Já vencemos dois jogos fora de casa (contra Atlético-GO, no Brasileiro, e Bragantino, na Copa do Brasil). Estamos mostrando nossa força também fora da Serrinha. É isso que vamos buscar, respeitando o Botafogo, mas temos condições de vencer fora de casa – projetou.

Fonte: Redação FogãoNET e GE

Notícias relacionadas