Rival: Vitória vive crise fora de campo, está no Z4 tem desfalques importantes contra o Botafogo

12 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Marcinho, do Vitória, está emprestado pelo Botafogo
Pietro Carpi/EC Vitória

O vigésimo sétimo de 38 capítulos. Nesta quarta-feira, o Botafogo viaja até Salvador para enfrentar o Vitória no Barradão, às 21h30, em partida válida pela 27ª rodada da Série B do Brasileirão. O Alvinegro chega como o vice-líder da competição e pode aumentar a distância para o 5º colocado.

O Vitória, por sua vez, vive situação praticamente oposta. A equipe passa por momentos ruins dentro e fora de campo – principalmente. O presidente Paulo Carneiro está afastado do cargo desde o começo do mês por gestão temerária. Além disto, o clube também convive com salários atrasados.

A situação no Campeonato Brasileiro é tão difícil quanto. O Vitória tem 18 gols marcados em 26 jogos – o terceiro pior da Série B – e está há três partidas sem balançar as redes. Quem explica melhor o momento vivido pelo time é Marcello Góis, setorista do Leão na “Rádio Metrópole FM”.

– O Vitória chega em um momento difícil. São quatro jogos sem vencer e 12 rodadas na zona do rebaixamento. Crise política devido ao afastamento do presidente Paulo Carneiro, salários atrasados por conta da péssima gestão. O reflexo disso é que o Vitória briga para fugir do Z4 desde 2019, quando caiu da A pra B – afirmou, em contato ao LANCE!.

DESFALQUES SENTIDOS

Se a situação já está em um cenário complicado para o Vitória, tudo tende ficar ainda mais difícil para o Leão, que não poderá contar com dois dos destaques da equipe na temporada 2021.

– O time atua em um 4-3-3 alternando para um 4-5-1 sem a bola, sempre variando. O ponto forte é o meio de campo, com os volantes Pablo Siles e Fernando Neto, que está suspenso. O time peca especialmente na criação. Outro ponto positivo é o atacante Marcinho que vem ajudando desde quando entrou no time – analisou.

Marcinho, sim, é o atacante contratado pelo Botafogo no começo da temporada e que, sem espaço no Alvinegro, foi emprestado ao Vitória. No novo clube, o jogador marcou dois gols e deu uma assistência. Para o confronto, não poderá atuar porque está suspenso.

– Marcinho encaixou no time. Velocidade, boa habilidade e se torna um desafogo nos contra-ataques rápidos. Fará falta sim, pois é peça fundamental no esquema. Varia de atuação na ponta direita e esquerda, além de ajudar na marcação – explicou o jornalista.

Com um dos piores ataques da Série B, o Vitória é a segunda equipe que mais desperdiçou grandes chances de marcar gols na competição: 26 oportunidades ao todo. O Botafogo é o primeiro, com 31. Os dados são do “SofaScore”.

Fonte: Terra

Notícias relacionadas