Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Mais um volante? Botafogo precisa contratar é jogador que decida

0 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Mais um volante? Botafogo precisa contratar é jogador que decida
Gabriel Baron/Botafogo

O Botafogo tem apenas mais uma contratação para realizar na temporada. O clube viu o prazo para novas inscrições se encerrar e pode substituir apenas um atleta na relação para o Campeonato Brasileiro. A prioridade da diretoria é um volante. Mas não deveria ser.

Instagram do FogãoNET (@fogaonet)

Na zona de rebaixamento do Brasileirão, o Botafogo tem como maior problema a parte ofensiva. Desde a saída de Luis Henrique e Luiz Fernando, faltam bons pontas de velocidade. Durante toda a competição, faltam gols: são apenas 19 em 19 jogos. Vai ser uma das missões de Ramón Díaz.

Não faz muito sentido gastar o único cartucho com um volante. Para reagir, o Botafogo vai precisar de gols, assistências, vitórias, de um setor ofensivo funcionando. Até então não funcionou como esperado. Parece pouco imaginar que os ultimo reforços de meio ou ataque – Kelvin, Éber Bessa, Iván Angulo e Cesinha – façam tanta diferença. Tomara que façam.

Para a posição especulada de primeiro volante, o Botafogo acabou de contratar José Welison. Tem como possibilidades: Caio Alexandre, que já jogou assim na base; Rafael Forster, improvisado alternou jogos bons e ruins; Carlos Rentería, que mal teve tempo de se adaptar, foi útil em algumas oportunidades e sumiu; Cícero, já em fim de carreira, mas se estiver treinado e motivado – diferentemente de entrar em campo após meses de afastamento – pode não comprometer; e Luiz Otávio, que está devendo durante o ano. Sem contar o jovem Romildo, que tem se destacado no sub-20.

Mesmo que não sejam as melhores opções para cabeça-de-área, o Botafogo também tem carências ofensivas, e essas têm gritado mais. Se realmente a opção por um volante, fica a torcida para que seja um como Alex Santana, que mesmo com oscilações tem capacidade de marcação, chega à frente e foi decisivo em diversos jogos com gols importantes.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas
Comentários