Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Pitacos: Botafogo enfim sem invenções e com dois pontas; Ênio tem futuro; Chamusca dá esperança

32 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Pitacos: Botafogo enfim sem invenções e com dois pontas; Ênio tem futuro; Chamusca dá esperança
Vitor Silva/Botafogo

* Pense em quantas vezes na temporada você viu invenções como Bruno Nazário, Victor Luis, Matheus Nascimento ou Matheus Babi de ponta, jogos com dois laterais pelo mesmo lado ou três zagueiros. O time diversas vezes já ia a campo com problemas táticos. Contra o São Paulo, Lucio Flavio fez o básico, de forma inteligente e funcionou, deu em vitória de 1 a 0. O usual 4-2-3-1 do futebol brasileiro, com dois laterais, dois zagueiros, dois volantes, dois pontas, um meia centralizado e um atacante. Não era uma grande escalação, mas ao menos cada jogador estava em sua posição

Análise Botafogo x São Paulo

* Um ótimo exemplo do jogo são os pontas, posição mais carente do Botafogo desde a saída de Luiz Fernando e Luis Henrique. Warley, em uma das raras vezes, jogou em seu melhor lado, o direito, onde ataca o espaço, dá profundidade e finaliza as jogadas. Na esquerda, pela falta de cacoete com o pé esquerdo, sempre trazia para dentro ou para trás e atrasava a jogada. É um atleta que pode ser melhor aproveitado e merece mais chances. Foi o melhor em campo

* Do outro lado, Ênio mostrou por que a torcida o pedia há tempos na equipe. Sem medo, com qualidade e talento, partiu para cima de adversários experientes, como Juanfran e Arboleda. Construiu, deu passes e chegou para finalizar. Só parou no ótimo goleiro Tiago Volpi. É claro que Ênio tem problemas na recomposição e vai sofrer na parte física para acompanhar laterais mais intensos, mas seu futebol com a bola no pé promete. Tem futuro

* Lucio Flavio mostrou mérito como treinador e um grande envolvimento com uma partida que pouco valia, como mostrou com orientações ao time e reclamações com a arbitragem. Um dos grandes méritos, além de apostar em Warley e Ênio, foi conseguir manter foco na equipe para esse jogo, quando todos já esperavam ver um Botafogo “de férias” em campo. Marcelo Chamusca deve ter gostado do que viu

Caio Autuori e Marcelo Chamusca - Botafogo x São Paulo

* Falando no treinador, foi boa a primeira impressão na apresentação oficial. Chamusca foi firme, sereno e convicto em suas declarações. Deu a entender que pode ajudar com montagem de elenco, pelo conhecimento de todas as séries do Campeonato Brasileiro, e que sabe como conquistar acessos. O trabalho é longo pela frente, mas enfim se começa a ver esperança no Botafogo

* Uma vergonha a arbitragem do Campeonato Brasileiro e tudo que fez com o Botafogo. Tem papel determinante no rebaixamento, ao minar o time em diversas rodadas. Não é teoria da conspiração ou choro, os árbitros erraram demais contra o clube. E o “castigo” não para. O pênalti inventado para o São Paulo é um escândalo. Aliás, já foi estranho como o juiz tentou achar pênaltis no segundo tempo, parando o jogo por muito tempo em dois lances de jogo, uma bicicleta para fora e um chute de Luciano que bateu nas costas de Luiz Otávio. A Série B não ter VAR é uma espécie de alívio para o Botafogo

* Diego Loureiro agarrou não só o pênalti de Luciano, como sua chance na reta final do Brasileirão. Pode ter ido mal em um jogo ou outro, como contra o Grêmio, mas na maioria foi até mais seguro e consistente que Diego Cavalieri. O jovem goleiro pode ser o reserva na temporada 2021, com eventuais oportunidades

Fonte: Redação FogãoNET

Comentários