Pitacos: caminho do Botafogo necessita de melhora no setor ofensivo; zica dos desfalques tem que passar  

142 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Matheus Nascimento e Cássio em Corinthians x Botafogo | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/Premiere

* O Botafogo de novo fez jogo equilibrado, parelho, foi organizado e tático. Mas, se não tem força para atacar, uma hora acaba sendo vazado. Foi o que aconteceu na derrota por 1 a 0 para o Corinthians, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

* O time de Luís Castro até tem a bola, trabalha, roda e mantém a posse. Mas tem pouca capacidade ofensiva de desequilibrar o adversário, seja com dribles, triangulações ou jogadas ensaiadas. Apenas Jeffinho faz fumaça, mas é pouco, ele ainda é um jogador em desenvolvimento.

* Lucas Fernandes, por exemplo, domina o meio-campo, pisa na bola, joga com qualidade e inteligência. Mas quando faz a bola chegar na frente, nada acontece. Como mostrou a chance do empate desperdiçada por Matheus Nascimento no fim.

* O setor ofensivo é o que o Botafogo tem que atacar na janela de transferências. Um camisa 10 de respeito, um centroavante goleador e pontas agudos, capazes de construir e de finalizar. Defensivamente, o time está se ajustando e se equilibrando. Falta quem faça diferença na frente.

* Não há como não lamentar a zica de desfalques do Botafogo. É impressionante como o clube tem problemas, e geralmente de jogadores que estão em alta. Começou com Rafael no início da temporada, já teve Joel Carli, Victor Cuesta, Philipe Sampaio, Kayque, Patrick de Paula, Gustavo Sauer, Victor Sá e Erison, entre outros. Contra o Corinthians, Eduardo não jogou por estar com febre e Marçal se machucou com 12 minutos. É muito azar para um time só.

* O Botafogo, agora, tem o tempo a seu favor. Terá semanas cheias para treinar, recuperar jogadores, contratar e integrar os reforços ao elenco. É nisso que reside a esperança, porque os três próximos jogos, contra Ceará, Atlético-GO e Juventude, podem ser decisivos para a sequência da temporada alvinegra.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas