Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Pitacos: Cesinha merece sequência no Botafogo; ‘decisão’ contra Sport de Jair Ventura

26 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Pitacos: Cesinha merece sequência no Botafogo; ‘decisão’ contra Sport de Jair Ventura
Vitor Silva/Botafogo

* Muito se falou sobre Matheus Nascimento, Rafael Navarro e os jovens revelados pela base do Botafogo, no empate em 1 a 1 com o Palmeiras. Mas o destaque inicial aqui vai para Cesinha. Não exatamente revelado pelo clube, ele foi formado no TAC-RS, despontou em Copa São Paulo de Juniores pelo Internacional e ainda jogou no sub-20 alvinegro. Em sua primeira chance como titular, mostrou qualidade, inteligência e boa dinâmica de jogo. Merece sequência e mais chances, ao mesmo tem que precisa evoluir na parte física

* Como é bom poder ver e torcer por um jogador como Matheus Nascimento. Com apenas 16 anos e sacrificado pelo esquema, ao ter que ser ponta e correr atrás de lateral, o centroavante não se esconde, não faz cara feia, corre o tempo todo e joga. Ainda não fez gol, mas vem tendo boas atuações e foi importante na roubada de bola e assistência para Rafael Navarro

* Aliás, como melhorou o Rafael Navarro. No início de 2020 era criticado pela torcida, mas subiu de produção no sub-20, encorpou e manteve o estilo brigador, indo em cada bola como em um prato de comida. Prova que ter paciência com jogador jovem também é importante

* Alguém sentiu falta no jogo de Marcelo Benevenuto, Victor Luis, Cícero, Bruno Nazário, Matheus Babi e Pedro Raul?

* É verdade que houve falta em José Welison não marcada (e nem comentada pela transmissão), mas o contra-ataque levado pelo Botafogo que terminou em Willian Bigode perdendo gol cara a cara com Diego Cavalieri não é admissível nem pelada. Quanto mais no futebol profissional e na elite do futebol brasileiro

* O acaso fez o Botafogo escalar um time repleto de garotos, o que poderia ter feito há mais tempo. Foram desfalques por contrato, por lesão e por punições disciplinares. Abriram espaço para Sousa, Hugo, Romildo, Kayque, Cesinha, Matheus Nascimento e Rafael Navarro. O caminho para o futuro passa pela base na formação do próximo elenco e, principalmente, na reconstrução do Botafogo. É preciso investir mais

 * Que saudade de ver, pelo menos, o Botafogo empatar um jogo. Quebrou a série de seis derrotas seguidas. Nos últimos 15 jogos, 13 o Botafogo perdeu. Imagina mais oito empates? O time ainda estaria com chances reais de salvação no Campeonato Brasileiro

* Em 2016, o Botafogo estava na zona de rebaixamento e flertava com a Série B. Então auxiliar técnico, Jair Ventura assumiu e fez incrível campanha de reação, chegando à Libertadores. Quis o destino que o treinador seja o adversário que pode decretar a queda alvinegra. O Botafogo tem que vencer o Sport, sexta, no Estádio Nilton Santos, para se manter vivo na Série A. Se empatar, depende de combinação de resultados. Se perder, cai

Fonte: Redação FogãoNET

Comentários