Declarado torcedor do Botafogo e do Palmeiras, o presidente Jair Bolsonaro vestiu a camisa do Flamengo e beijou o escudo rubro-negro no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, nesta quarta-feira, onde assistiu ao lado de correligionários ao duelo contra o CSA pelo Campeonato Brasileiro.

Antes da bola rolar, o presidente foi aplaudido pelos torcedores presentes ao local e vestiu uma camisa do Flamengo atirada por um rubro-negro nas arquibancadas. Após vesti-la e beijar o escudo, Bolsonaro pediu outra camisa para o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, que também acabou presentado e posou para fotos “uniformizado”.

O presidente da República assistiu ao jogo com outros integrantes do governo, como o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, além do deputado federal e seu amigo particular, Helio Lopes, também conhecido como Helio Bolsonaro.

Numa de suas “lives” na internet ainda quando era candidato, em outubro do ano passado, Jair Bolsonaro havia afirmado que era botafoguense, mas que torcia também pelo Flamengo por causa da sua esposa, Michelle. Em 2017, Bolsonaro esteve presente no jogo do Botafogo contra o Coritiba no Estádio Nilton Santos, e sua presença acabou gerando discussões na arquibancada.

Fonte: Redação FogãoNET