A saída de Kieza para o Fortaleza não pode ser considerada uma tragédia para o Botafogo. O jogador de fato nunca justificou o investimento feito em sua contratação. Muito pelo contrário, foi visto perdendo alguns gols incríveis, que comprometeram o sucesso do Alvinegro em algumas competições, sendo a mais recente a Copa do Brasil. Não o vejo nem como uma peça descartável, mas, no Botafogo, nunca justificou a sua presença no plantel.

A página virada com a saída de Kieza permite ao Botafogo corrigir um erro que me salta aos olhos na formação do atual elenco: contratar um centroavante de fato e de direito, diplomado e com faro de gol. Na minha humilde opinião, Diego Souza, que ao longo dos últimos anos foi se transformando em camisa 9, não preenche esses requisitos.

Diplomado é ter faro de gol e ser oportunista

Quando falo em um camisa 9 “diplomado” estou me referindo a jogadores com características de finalização, com faro mesmo e totalmente oportunistas. Tivemos alguns nos últimos anos assim, como Dodô e Loco Abreu. Sem nenhuma comparação ao estilo de ambos. Mas eram os caras na hora de colocar a bola no fundo da rede.

Claro que Dodôs e Locos não estão disponíveis no mercado por um preço baixo. Mas é preciso buscar alguém com este tipo de características. O Campeonato Brasileiro é muito longo e envolve times com características distintas. Em alguns momentos Eduardo Barroca vai precisar dessas peças. Isso sem falar da Copa Sul-Americana.

A saída de Kieza não deixará saudades no Botafogo. Mas pode, de fato, corrigir um erro na formação do elenco. Mais uma chance para o departamento de futebol se redimir.

LEIA TAMBÉM:

Mufarrej precisa escutar CEP e Jefferson
Mufarrej precisa escutar CEP e Jefferson. Botafogo agradece!
Botafogo não vai resistir se Mufarrej não mudar
Botafogo que se cuide: Mufarrej é o Rolim sem grife
Botafogo x Juventude: Ninguém lembra do Márcio Rezende de Freitas
Botafogo e a necessidade de buscar reforços
Botafogo sofreu com a falta de vontade. Custou caro!
O trabalho de Zé Ricardo no Botafogo é fraco?
Mercado da bola me faz lembrar tempos de Emil no Botafogo
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas
Irmãos Moreira Salles em General: Esse é o Botafogo que eu conheço
Botafogo precisa de um nome de peso para o ataque
Novo modelo de gestão é para ontem