Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Botafogo precisa de equilíbrio: ou traz técnico de ponta ou fica com o que tem

51 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Botafogo precisa de equilíbrio: ou traz técnico de ponta ou fica com o que tem
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo atravessa seu pior momento na temporada. E olha que não tiveram bons momentos. Mas agora é aquela hora que se percebe que o planejamento deu errado. O elenco apresenta grandes falhas na montagem, o treinador escolhido fracassou e se nada de muito melhor for feito o acesso vai para o espaço. Assim é preciso coragem e equilíbrio na tomada de decisões. A primeira delas passa por um técnico.

Neste momento o Botafogo precisa pesar e ver o que pode ser feito para trazer um treinador de ponta. Hora do CEO entrar em cena e perceber se vale criar novas dívidas para não comprometer o acesso ou verificar se não subir não faz tanta diferença assim. Creio que não seja o caso. Basta ver a diferença entre os valores pagos na Série A e na Série B, fora visibilidade e outras questões.

Não dá para apostar em qualquer um agora

Se opção for criar dívida então traga um treinador de ponta. Se não for para trazer um Vanderlei Luxemburgo da vida, não adianta gastar, com todo respeito, com o Eduardo Baptista. Fica com o que tem, Lucio Flavio por exemplo. Pelo menos é identificado com o clube e conhece a situação. Além disso será menos pressionado que qualquer outro.

O elenco do Botafogo tem limitações. Sem um novo lateral-esquerdo, sem uma criação de jogadas eficiente e sem qualidade na frente não adianta apostar em um professor pardal da vida. Ou traz alguém que possa realmente fazer o elenco jogar no limite ou fica com o que tem.

Notícias relacionadas
Comentários