Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Remo
REM

Série B

05/06/21 às 21:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

2

X

0

Escudo Coritiba
CTB

Série B

28/05/21 às 21:30 - OBA

Escudo Vila Nova
VLN

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Botafogo, Vasco e Cruzeiro fazem Globo olhar para a Série B. Que ironia do destino…

26 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Torcida do Botafogo no Estádio Nilton Santos
Vítor Silva/Botafogo

A Rede Globo quer passar a Série B do Campeonato Brasileiro. Acho que os executivos do grupo são espertos. Fico imaginando o torcedor que não torce por nenhum dos clubes envolvidos nas partidas de quarta-feira à noite. Ele olha o cardápio das TVs e vê duas opções: Cuiabá x Atlético-GO na Série A e Botafogo x Cruzeiro na Série B. Qual o jogo mais atraente? Acho que tirando os torcedores do Cuiabá e os atleticanos a resposta vai ser a mesma. Mas tudo bem, no domingo tem clássicos de Bragantino, América-MG, Chapecoense, além de outros compromissos de Cuiabá e Atlético-GO. Mas e os times de tradição?

E o que há de irônico nisso? A ironia está no fato de a Rede Globo de certa maneira ter contribuído demais para que o produto futebol ficasse desvalorizado. Principalmente o produto Brasileirão. Seguindo o princípio de que todos os clubes são iguais, tirando os diferentes, ela elegeu alguns clubes para paparicar com as suas cotas seguindo um conceito de distribuição de verba não usada em nenhum lugar.

‘Espanholização’ fracassou no Brasil

Troféu Taça da Série B do Brasileiro
Série B do Brasileiro agora é alvo do Grupo Globo

O objetivo de “espanholizar” o futebol brasileiro fracassou. Nem a Espanha mais o usa. Barcelona e Real Madrid quando não jogam na Espanha enfrentam Manchester United, Chelsea ou Bayern de Munique. Quem sabe um PSG ou uma Juventus… Podendo apostar em tornar o Brasileirão equilibrado, ela apostou em seus clubes preferidos brilhando nas competições continentais. Mas na Libertadores não tem PSG e nem Liverpool. Tem La Calera e Emelec. Além disso a Globo perdeu os direitos de transmissão de todos os torneios internacionais e agora vai precisar olhar com mais carinho para o mercado interno.

Não estou aqui tirando a responsabilidade das administrações que afundaram Botafogo, Cruzeiro e Vasco. Mas é ilusão acreditar que alguns clubes brilham apenas porque fizeram o dever de casa certinho. Isso é importante sim, mas sem a desigualdade das cotas a história não seria essa. Mas quem sabe agora a emissora do Jardim Botânico entende de vez que o futebol brasileiro só chegou a ser reconhecido internacionalmente porque tem várias grandes marcas. E não porque tem um ou outro clube com dinheiro.

Notícias relacionadas
Comentários